.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

Segunda à Quinta das 08:00 às 17:00 e as Sextas das 08:00 às 16:00

Legislativo - Quinta-feira, 11 de Abril de 2024

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Câmara presta homenagem ao Dr. Legardeth Consolmagno

Vereador Bé Cecote apresentou Moção de Congratulações e Aplausos ao médico nascido em Rio das Pedras


Câmara presta homenagem ao Dr. Legardeth Consolmagno

Nesta última quarta-feira, a Câmara Municipal de Rio das Pedras prestou justa homenagem ao médico Dr. Legardeth Consolmagno, por sua atuação como médico cirurgião e clínico geral, salvando muitas vidas em Rio das Pedras e toda a região.

Dr. Legardeth é natural de Rio das Pedras, nasceu em 19 de janeiro de1924, tendo portanto completado recentemente 100 anos de idade. Sua lucidez e perspicácia são notáveis, transmitindo muita sabedoria e admiração a que tem o privilegio de conviver com sua pessoa.

Estiveram presentes à cerimonia o vereador de Piracicaba Pedro Kwai, João Nassif e familiares do homenageado.

Abaixo, transcrevemos na integra, a biografia constante da Moção de Congratulações e Aplausos Nº 38/2024, de autoria do vereador Sergio Roberto Cecotte (PP).

MOÇÃO DE CONGRATULAÇÕES E APLAUSOS Nº 038/2024

 

Apresento à Mesa, ouvido o preclaro Plenário e dispensadas às formalidades regimentais, Moção de Congratulações e Aplausos ao Rio-pedrense Dr. Legardeth Consolmagno pelo reconhecido em prol de sua atuação como médico cirurgião e clínico geral, salvando muitas vidas em Rio das Pedras e toda a região.

 

Legardeth Consolmagno nasceu em Rio das Pedras a 19.01.1924, filho de Olympio Consolmagno e Christina Caravita Consolmagno. Seus 3 irmãos, já falecidos, também nasceram no município de Rio das Pedras.

Aos 7 anos de idade a família mudou-se para Piracicaba, estabelecendo comércio (relojoaria, ótica e joalheria) já na Rua Governador Pedro de Toledo.

Durante a juventude chegou a ser seminarista, o que conferiu uma excelente base para as provas admissionais para a Faculdade de Medicina.

Mudou-se então para Curitiba, fazendo o curso de medicina pela Universidade Federal do Paraná. Durante a graduação casou-se com Dalvina (Dalva) Oliveira Consolmagno, a 10 de setembro de 1949.

Terminando a faculdade foi para o norte do Paraná, integrando a frente pioneira em 1950. Foi chamado inicialmente para debelar um surto de febre tifoide naquele município, aonde chegou a residir. Pouco tempo depois se transferiu com a esposa para a cidade de Campo Mourão.

Em seu novo domicílio trabalhou arduamente para a fundação da Santa Casa, chegavam novos ares ao sertão. Atendeu muito em seu consultório e nos locais mais irmos viajando em lombo de mula e depois em um Jeep.

A primeira filha do casal, Cristina, nasceu em Piracicaba. Passado o resguardo retornaram a campo Mourão. Nos anos seguintes fez o parto dos dois outros filhos, Gina e Carlos.

Com muito trabalho e sacrifício conseguiram amealhar condições para que fizesse sua especialização.

Mudou-se para São Paulo em 1957 com seus 3 filhos pequenos, morando nas imediações da famosa loja de departamentos Mappin. Sua especialização deu-se pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

Como as crianças que viviam livres no interior tiveram dificuldade em adaptarem-se à Capital Paulista sua esposa foi para Piracicaba com os filhos permitindo que ele concluísse sua formação.

Ao terminar a especialização foi convidado a integrar o grupo de formação de Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Triangulo Mineiro. Contudo seu pai, Olympio, teve seu primeiro derrame.

Sempre um homem profundamente ligado à família, permaneceu em Piracicaba, estabeleceu sua clínica na cidade onde vive até hoje.

Já em Piracicaba, o casal teve mais dois filhos, Estela e Lígia, com o falecimento de seu pai permaneceu com a mãe e os irmãos, sempre solidário a eles e seus filhos e netos.

Homem de grande iniciativa, apenas o exercício profissional não lhe bastava. Apoiou a classe médica, representando-a junto a Associação Paulista de Medicina, no município bem como na Capital, construiu e fundou a casa do Médico de Piracicaba. Por vários mandatos foi Conselheiro junto ao Conselho Regional de Medicina de São Paulo.

Trabalhou muito com o Lions Clube Centro, interagindo com os demais clubes de serviços sociais, incentivando o exame de vista nas escolas e recomendando que as professoras encaminhassem os alunos com dificuldades de visão aos serviços médicos. Criou com seus companheiros o Banco de Óculos, permitindo que os menos afortunados tivessem mais necessidades atendidas. Foi um grande promotor da doação de córneas e órgãos para transplantes.

Seu maior desconforto foi ter sido aposentado compulsoriamente do Serviço Público, em razão da idade. Sempre um assistencialista não se conformava em estar pleno gozo de suas faculdades físicas e mentais e não continuar atendente àqueles que tanto necessitavam de seus serviços.

Por outro lado, em sua clínica, continuou atendendo até o início da pandemia (aos 96 anos), sempre atualizados nas técnicas e práticas de sua profissão, admirado e respeitado pelos colegas. Seu filho, Carlos, dá continuidade ao legado do pai, atendendo no mesmo consultório que durante anos dividiram.

Seu orgulho é ter formado os cinco filhos no nível superior. Cristina é médica pediatra; Gina administradora de empresas; Carlos médico oftalmologista; Estela bacharel em Direito; Lígia Ortodontista.

Hoje, continua casado com Dalva (infelizmente portadora Alzheimer), e passa seus dias lendo, pintando, informando-se sobre a família, sempre atento e cuidadoso com os seus. Faz questão de sua independência e mora só, porém filhos, netos e bisnetos entram e saem de sua casa constantemente e nunca está só. Os filhos reconhecem todo o apoio de seu braço direito na administração e cuidados com ele e a esposa, sua filha Gina.

 

Isto posto, requeremos na forma preconizada pelo Regimento Interno dessa Casa de Leis, seja encaminhada a presente Moção de Congratulações e Aplausos ao Rio-pedrense Dr. Legardeth Consolmagno pelo reconhecido em prol de sua atuação como médico cirurgião e clínico geral, salvando muitas vidas em Rio das Pedras e toda a região.

 

Sala das Sessões da Câmara Municipal de Rio das Pedras, 1 de abril de 2024

 

SÉRGIO ROBERTO CECOTTE

Vereador Autor

132 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.
.

Calendário de eventos

.
.

Acompanhe-nos

.
.

Câmara Municipal de Rio das Pedras - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.